terça-feira, 11 de novembro de 2008

"Children see, children do"

Por falar em crianças...

Minha pró de Psicologia, numa das aulas interessantérrimas dela ( ¬¬) até que fez algo que preste.

Ela tava comentando sobre a Teoria de Vygotsky, um cara que acreditava que o homem é um ser cultural, e que o ser humano aprende se medindo nos outros, guiados pelos outros e que para o desenvolvimento da criança principalmente na primeira infância, o que é mais importante são as interações assimétricas, isto é, as interações com os adultos.

Aí ela foi e mostrou esse vídeo, descrição perfeita! Não é que ela acertou dessa vez?

Muito bála velho.





Campanha publicitária da Organização não governamental Amigos da criança da Austrália. Novembro de 2007.

14 comentários:

Luis Ping disse...

ja tinha assistido esse video, na aula de ambiente... Bom... finalmente uma coisa que preste aqui..

Boa Lou!

Vou ficar sem dar minha opnião sobre o assunto, pois acredito que tem outras coisas que influencia...

FláviAtaíde disse...

"Tudo é uma questão de inflência, de como vc é criado, do amor que vc recebe."

Louise Cardeal disse...

Vygotsky é o cara =)

Strª Tellus disse...

Children see, children do. É por isso que meus filhos não irão vê tv.
Eu fui educada pela tv E

"Make Your Influence Positive"
Adorei

Dhogo disse...

Eis o resultado de tudo aquilo que (in)voluntariamente oferecemos aos nossos filhos, às nossas crianças. É uma pena que geralmente, "esquecemos" de mostrar pros pequenos o que é realmente interessantes e quase nunca os poupamos de situações embaraçosas...

" O homem é produto do meio."

Dani disse...

uau!!! Forum de discussões filosóficas!!!

Visões deterministas,o homem é produto do meio.... mt bom!!

Não tinha visto esse vídeo ainda, bem legal...

A teoria Vygotskyana é muito importante inclusive para área da educação... Já estudei algumas coisas sobre ele!

Ele fala tb que da importância do fator social na processo de aprendizagem.

Às vezes penso que vc faz letras...

Estudando Vygotskty, lingüística, Análise do discurso.

Muda logo de curso!!! rsrssr

Muito legal! Gostei!!

Rafael Gomes disse...

Acho que esse conceito é visto de forma simplista. Creio que o que um ser humanos faz, nesse caso a criança, não é somente influenciado pelo que "vê" em suas figuras assimetricas, nesse caso os pais.

Veja que não há nenhum estudo que prove isso, a não ser afirmações desse ou daquele.

Não foi levado em conta fatores geneticos, que muitos levantam como "memoria genetica" e nem levado em conta o grau de entendimento da criança no que é feito pelo outro. Um adulto gritando pode parecer um novo de tipo de brincadeira para criança e assim sucessivamente.

Vejo que isso é muito mais complexo do que parece e apenas uma linha de estudo não seria capaz de descrever completamente.

Luis Ping disse...

Bom, por isso é uma teoria... Todo mundo sabe que o ser humano é muito complexo para ser simplificado com uma só teoria...

Mas enfim...

Bom texto Lou!

pode render muitos comentarios... uehehuheuheuheuheu

Rafael Gomes disse...

Concordo que é um bom texto, mas temos que ter em mente que é apenas um ponto de vista e não pode ser encarado como um fato consumado e direto, tal como é demonstrado no video, tenho noção que o ele é apenas ilustrativo para entendimento geral da teoria.

Dhogo disse...

Imagino que o idealizador do video não seria "O BOM" suficientemente para querer explicar O SER HUMANO com todas as suas complexidades em um video tão pequeno... Assim como o video, o Blog abre apenas uma janelinha das inúmeras possibilidades de se entender o aprendizado, as pessoas...

Louise Cardeal disse...

... é que devem juntar essas várias possibildades e fazer a sua visão sobre o assunto. Não existe nenhuma verdade absoluta.


Obrigada pelos comentários!

Dani disse...

O vídeo não passa apenas de um ponto de vista sobre o complexo campo que é o comportamento e a mente humana.

Ao meu ver, em momento nenhum se tentou colocar como Única Verdade o que foi exposto aqui no blog!

Assim como tal vídeo é apoiado na teoria de Vygotsky, iremos encontrar por aí inúmeras outras teorias que priorizem outros fatores.

E concordando aí com Lou, na realidade deve-se juntar tudo isso( teorias) e retirar o que de útil há. E muitas vezes para isso temos q combinar fatores externos ao homem e internos.

Michelle M. Ataíde disse...

É claro que o mundo não é, e nem poderia ser de uma teoria só. Senão não existiria a ciência, a religião tal, a outra religião tal... As teorias, criadas por sabidos ou por quem não tem o que fazer, são pra a gente pensar, e ter uma opinião; a favor ou contra, não importa. Importa q pensemos.

O que eu penso sobre esse vídeo aí é q ele é a mas pura verdade. Tenho uma filha, e sei q quando eu digo uma sonora PORRA, ela vai axar um momento pra soltar a sonora PORRA dela também. E sei, que quando ela está adormecendo, e eu a beijo, ela vai encontrar o momento de me acarinhar também, com toda sinceridade.

A gente devia pensar que exemplos podem ser seguidos não só por crianças, mas q elas (as crianças)estão ali procurando um norte, seja nos pais, nos primos, tios, amigos, e na tv.

Vlw Lou!

Rafael Gomes disse...

Louise Disse:
"é que devem juntar essas várias possibildades e fazer a sua visão sobre o assunto. Não existe nenhuma verdade absoluta."

Exatamente! Os meus comentários foram a minha visão sobre o assunto. Que devem ser encaradas como um adendo e não como uma idéia contrária.