sexta-feira, 20 de junho de 2008

Você tem – Gram

Sei lá, falar do Gram é uma coisa meio esquisita pra mim. É sinestésico sabe? Mistura cheiro, sabor...( eu disse que era esquisito ¬¬')


Principalmente essa música.


Apesar de eu ter conhecido ela bem antes de ter me marcado, eu não consigo escutá-la e me lembrar de nehuma outra época a não ser “aquela”. Vou explicar melhor:
Foi a época que eu estava na maré alta do amor, já tava até me apaixonando de novo. Isso foi entre março e maio de 2007, quando encontrei o meu ex -“amigo-namorado-quase-advogado”.
Toda vez que eu ia embora de lá, numa tristeza do cão, enquanto esperava o ônibus sair da rodoviária de Valença eu ficava escutando Gram. Às vezes chovia, pro clima ficar mais nostálgico e parecer cena de novela. Acho que é por isso que me lembro perfeitamente bem até hoje. O mais engraçado é que eu só ouvia essa banda na hora de ir pra casa; na ida eu revezava entre LH e Penélope (mas isso aí já é pra outra história...).


A Gorda me disse que se eu voltar a ouvir direto, essa sensação passa, mas acho que não. Ou pelo menos não quero que passe.
Ah! Até mandei essa música como depoimento pra ele na época, ele adorou! Mas depois fui lá e apaguei. Já tinha perdido o sentido mesmo...

Escutem ela! Muito linda! E conheçam o Gram também.

Um comentário:

lilian disse...

bomm...

eu n escuto mt gram n...

mais quese sei o que vc tá dizendo!

:>

ps: era mesmo né velhu? vc ia pra valenca sozinha... ki maluca!!

kkk

bju
=]